Infraestrutura e Logística

13/11/2019

Governo retoma obra de ampliação do Hemonúcleo de Ponta Grossa

As obras de reforma e ampliação do Hemonúcleo de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, serão retomadas a partir desta quarta-feira (13). O investimento é de R$ 950 mil, com recursos da Secretaria de Estado da Saúde. A previsão é que as obras terminem em abril do próximo ano.

A ordem de serviço para execução da reforma e ampliação do Hemonúcleo foi assinada em 2018, mas por incompatibilidade com o projeto foram necessários ajustes técnicos entre a Paraná Edificações (PRED) e a empresa responsável pela obra.

“Fizemos toda a compatibilização deste projeto e agora estamos dando início aos trabalhos com previsão de conclusão em até 180 dias”, explicou Lucas Grubba Pigatto, diretor-geral da PRED, órgão responsável pela construção de edificações do Estado e que é vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas.

O projeto inclui, além da reforma geral da estrutura do prédio, melhorias na área de atendimento aos usuários da unidade e ampliação do setor de processamento de sangue, melhorando a capacidade de produção de hemoderivados como plasma, sangue total e plaquetas.

“Esta obra é muito importante para Ponta Grossa e região. O espaço já não comportava com comodidade os funcionários e as pessoas que iam até o Hemonúcleo. Havia erro de projeto que precisou ser corrigido. Além de reformar, esta obra vai ampliar o Hemonúcleo”, reforça o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. 

MURO DO IML – Foi publicada no Diário Oficial desta quarta, a licitação da PRED para a construção do muro de arrimo do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa. O valor máximo para execução da obra é de R$ 394 mil com prazo de 120 dias para a entrega da obra. No dia 16 de dezembro os envelopes serão abertos.  

A licitação para este reparo foi aberta duas vezes, mas em ambas restaram deserta já que não houve interesse de nenhuma empresa. Diante disso, foram feitas adequações no projeto.



Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.