Infraestrutura e Logística

25/10/2019

Paraná e Governo Federal estudam construção de uma nova ferrovia

O Governo do Estado estuda desde o início da gestão projeto de uma nova ferrovia que liga Maracaju (MS) ao Porto de Paranaguá e incluindo o ramal Cascavel a Foz do Iguaçu. Com uma perspectiva de aumento no volume transportado e tarifas competitivas, o Paraná planeja uma nova modelagem que garanta a execução do projeto.

O Governo Federal é favorável e está disposto a contribuir com o projeto.

Nesta segunda-feira (21), O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, reuniu-se com o assessor especial do Ministério da Infraestrutura, Marcos Felix, e o representante da Valec Engenharia, Construções e Ferrovias, Guilherme Bianco.

De acordo com Marcos Felix, o Paraná já tem o apoio do Governo Federal para tocar o projeto de uma nova ferrovia. “O nosso apoio vocês já têm. Temos que desenhar agora a melhor formatação”, disse.

Segundo Felix, uma das opções ainda para maior agilidade no processo seria a federalização do projeto, possibilitando uma força-tarefa entre os governos do Estado e Federal. “Vamos cooperar para resolver os problemas juntos, o que trará maior transparência. A federalização do projeto seria uma possibilidade”, destacou.

Participaram também da reunião o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Fernando Furiatti; o diretor presidente da Ferroeste, André Gonçalves; o representante da Secretaria de Estado do Planejamento, Luiz Henrique Fagundes; e o assessor especial, Claudinir Franco.

André Gonçalves disse que a Ferroeste registrou este ano o maior faturamento da história e um crescimento considerável em relação ao volume transportado pela linha férrea. “Nosso objetivo é contribuir para a ampliação da malha ferroviária do Paraná”, afirmou.

O representante da secretaria do Planejamento, Luiz Fagundes, explanou o projeto do Governo do Estado para a nova ferrovia e obras estruturantes previstas para fortalecer o escoamento da produção, que inclui portos secos e terminais de carga. “Nossa grande expectativa é o apoio do Governo Federal, o que ficou claro que já temos. Pelo tamanho do projeto, acreditamos que o trabalho conjunto é o melhor caminho”, disse Fagundes.

NOVA FERROVIA - O Governo do Paraná deu o primeiro passo para elaboração de um estudo ferroviário que contemplará 1.280 quilômetros. Foi publicado no Diário Oficial da União, do mês passado, o aviso de manifestação de interesse de empresas nacionais e internacionais para contratação dos serviços de elaboração dos estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica dos projetos: Nova Ferrovia - Paranaguá (PR) a Maracaju (MS) e do Ramal Ferroviário Cascavel a Foz do Iguaçu.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.