Aeroporto Internacional Afonso Pena

A Região Metropolitana de Curitiba é formada por 26 Municípios, com índice de crescimento entre os maiores do País. O Município de São José dos Pinhais, sede do Aeroporto Internacional Afonso Pena, é o maior da região depois da capital, com uma área de 952,86 Km² e uma população de cerca de 200 mil habitantes, sendo 70% na área urbana.

Situando-se apenas a 14 Km da capital paranaense, com uma localização privilegiadíssima, São José dos Pinhais possui um parque industrial bastante variado. Indústrias de produtos eletrodomésticos, celulose, plásticos, moveleiro, química fina, têxtil, alimentos, metal mecânico, artefatos de cimento e perfumes e cosméticos, produzem tanto para o mercado interno quanto para exportação. O Município conta atualmente com mais de 8 mil empresas instaladas.

Em contraste com as várias indústrias instaladas na região, São José dos Pinhais apresenta uma vegetação abundante. A poluição, ao contrário dos outros centros industriais, não é problema para a cidade, pois as correntes de ar predominantes na região e a privilegiada posição geográfica garantem-lhe ar puro o ano todo.

Apesar da industrialização, São José dos Pinhais continua sendo o maior produtor de hortifrutigranjeiros da Região Metropolitana de Curitiba.

Situado a 75 Km do Porto de Paranaguá, 78 Km do Porto de Antonina, 134 Km de Joinville, 180 Km do Porto de São Francisco do Sul, 192 do Porto de Itajaí, 408 Km de São Paulo e 670 Km de Foz do Iguaçu, é cortado pela BR-277, que leva aos Portos de Paranaguá e Antonina e às praias, e pela BR-376, principal corredor de Curitiba a Santa Catarina e Rio Grande do Sul e, daí, aos principais países do Mercosul.

O desenvolvimento de São José dos Pinhais, contudo, está marcado de forma profunda pela instalação, às margens da BR-277, do primeiro grande pólo automobilístico do Sul do país, com a implantação da montadora francesa Renault.

O terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Afonso Pena, inaugurado em 1996, foi concebido para oferecer o que há de mais moderno a seus usuários. Planejado para atender o crescimento da demanda, prevê a expansão de seus serviços, de modo a estar sempre à frente do crescimento do seu público. Os três pisos de seu Terminal de Passageiros possuem uma área construída de 29.400 m², com capacidade de atender três milhões de passageiros por ano, o que o torna o quinto maior aeroporto brasileiro.

Equipado com equipamentos de última geração, está entre os mais modernos do País. Totalmente informatizado, permite o acompanhamento, a partir do centro de Controle Operacional, de todo o serviço informativo de vôo, da vigilância por circuito fechado de televisão, áreas de acesso restrito, consumo de água e energia elétrica e do sistema de proteção contra incêndio.

Pavimento de desembarqueO Aeroporto Internacional Afonso Pena, em sua pista principal 15/33 com 2215 m de comprimento e 45 m de largura, opera por instrumentos de precisão diurno e noturno, utilizando-se de avançados sistemas de apoio à navegação aérea: o ALS (Aproach Lights System) e o ILS (Instruments Loading System).

O primeiro permite uma melhor aproximação visual e o segundo, o controle eletrônico das operações de aterrissagem e decolagem, mesmo em condições de mínima visibilidade. A pista secundária 11/29, com 1800 m de comprimento por 45 m de largura, é mais utilizada em decolagens, quando as condições de vento são mais favoráveis.


A movimentação do Aeroporto Internacional Afonso Pena é atualmente de 5.500 pousos + decolagens mensais, 180.000 passageiros embarcados e desembarcados mensais e 2.000 t de carga/mês.

Moderna esteira para malasFunciona, ainda, no Aeroporto Afonso Pena, o Sitia - Sistema Integrado de Informações Aeroportuárias.

No terminal de passageiros, elevadores panorâmicos e escadas rolantes servem todos os pavimentos, que possuem instalações especiais para atendimento a portadores de deficiências físicas.

A cobertura em estrutura metálica do terminal, com 15.800 m² de área, possui telhas anti-ruído. O piso em granito confere a beleza ao edifício, assim como o revestimento de pastilhas nas paredes.

Planejado com instrumento de desenvolvimento e integração do Mercosul, o Aeroporto Internacional Afonso Pena permite perfeita interligação com outros meios de transportes, constituindo-se num terminal multimodal de cargas e passageiros. Localizado próximo aos portos de Paranaguá (75 Km) e Antonina (78 Km), terá um ramal ferroviário que permitirá a interligação com os portos do litoral paranaense.

Para garantir seu funcionamento mesmo em condições adversas, possui subestação de energia, além de uma estação de tratamento de água e esgoto.

O estacionamento tem capacidade para 800 veículos e se utiliza de um sistema informatizado de controle de entrada e saída de veículos através de tickets com código de barras.

Recomendar esta página via e-mail: