Histórico

A Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), por meio do Departamento de Gestão de Projetos e Obras (DGPO) vem, desde início de 2014, desenvolvendo ações para a melhoria na gestão de projetos e obras públicas.

Desde então, a SEIL tem buscado constantemente o diálogo, cooperação e parceria com órgãos governamentais e não governamentais na promoção de esforços para a melhoria da qualidade dos projetos e obras na esfera pública. Neste contexto, é inegável a importância da implantação de novas tecnologias no processo de melhoria da gestão e qualidade dos projetos e obras públicas visando o aprimoramento na integração e redução das incompatibilidades das diversas disciplinas de projetos de um empreendimento; a melhoria na acurácia das estimativas de quantidades de serviços e de custos, o aumento da transparência e a concepção de projetos de forma ecologicamente correta, economicamente viável e socialmente justa.

Um novo paradigma na gestão de empreendimentos na área de Arquitetura, Engenharia e Construção (AEC) é a Modelagem da Informação da Construção ou Building Information Modeling (BIM). Esta nova forma de modelar e gerir empreendimentos pode propiciar melhorias expressivas no planejamento e na integração das diversas disciplinas dos projetos o que permite reduzir incompatibilidades, aperfeiçoar orçamentos e prazos de execução visando a sustentabilidade dos empreendimentos.

A adoção da tecnologia BIM, prevista na página 148 do documento Plano de Metas para a gestão 2015-2018 do Governo do Paraná, como importante ferramenta para a “melhoria da qualidade dos projetos e obras, minimizando erros de projetos e melhorando o controle e a transparência", vem sendo fomentada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística através das estratégias e ações previstas no Plano de Fomento ao BIM elaborado pelo DGPO em 2014.

As estratégias definidas pelo Plano de Fomento BIM, disponível no sítio eletrônico www.bim.pr.gov.br, abarcam 6 linhas estratégicas de atuação:

  • Fomentar e promover o aprendizado coletivo na SEIL e vinculadas
  • Ampliar e promover parcerias e convênios institucionais
  • Promover e apoiar aculturamento interno
  • Fomentar e promover a ampliação da Rede BIM na esfera pública estadual
  • Fomentar e promover o  diálogo técnico com a Cadeia Produtiva, Entidades Classe e Academia da AEC
  • Apoiar, acompanhar e monitorar ações das vinculadas à SEIL para implantação do BIM

O marco zero da implantação do BIM na SEIL foi estabelecido no Seminário Regional Construindo BIM, realizado no mês de outubro de 2014 em Curitiba. Naquela ocasião, houve o estreitamento das relações entre os governos dos estados do Paraná e Santa Catarina por meio da formalização do Termo de Cooperação Técnica entre a SEIL PR e a SPG SC. Nesse evento, também foi estabelecido o primeiro contato com representantes do Governo do Rio Grande do Sul que culminou com o lançamento da ideia de criação da REDE BIM GOV SUL. Concretizada em janeiro de 2015, a REDE tem por missão promover ações integradas de fomento para implantação do BIM na esfera pública dos estados da região sul do país.

Entre as ações elencadas no Plano de Fomento BIM estão a de fomento às soluções BIM no âmbito da SEIL e a criação do Laboratório BIM Paraná (LaBIM PR), em funcionamento desde fevereiro de 2015, que se dedica aos estudos e pesquisas para estabelecimento de critérios técnicos para a contratação e a fiscalização de projetos e obras públicas em BIM, previstos como meta da Secretaria para 2018.

Visando promover e apoiar aculturamento interno na SEIL e vinculadas, ao longo do ano de 2015, foram realizados diversos encontros técnicos e treinamentos em softwares BIM dos principais fabricantes mundiais voltados à elaboração de estudos de viabilidade para traçados rodoviários e modelagem (3D) das disciplinas de arquitetura, estrutural e MEP (mecânica, elétrica e canalização) para edificações.

Os eventos técnicos, treinamentos e avalição dos principais softwares BIM -reconhecidos internacionalmente- pelo LaBIM PR, foram viabilizados a partir da formalização de Termos de Cooperação Técnica entre a SEIL e as empresas desenvolvedoras de tecnologia BIM - Graphisoft, Trimble, Bentley - e o Instituto Daher e De Lucca (IDD).

Também em 2015, foram criados os Grupos de Trabalho BIM na Paraná Edificações (PRED) e no Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para o desenvolvimento de atividades voltadas à implantação do BIM nas respectivas autarquias.

Em 2016 o processo de conhecimento evolui, no caso de edificações para o 4D -, dimensão tempo agregada ao modelo e 5D – dimensão custo agregada ao modelo e, no caso de infraestrutura rodoviária, para o projeto geométrico de rodovias.

Concomitantemente, intensificaram-se as discussões entre os Laboratórios BIM Paraná e Santa Catarina sobre os formatos e normatização necessárias e adequadas à contratação e recebimento de projetos e obras públicas em BIM.